CÁRIE

   É a causa mais comum de perda de dentes, podendo afetar tanto os de leite quanto os permanentes.  Quando não tratada adequadamente, pode evoluir para tratamento de canal. É prevenida por uma higiene bucal correta e o consumo adequado de açúcar.  

MÁ OCLUSÃO

  As más posições dos dentes e alterações na forma dos ossos da face comprometem a estética, a mastigação, a deglutição e até a fonação, havendo a necessidade de correções ortodônticas ou ortopédicas o mais precoce possível.   

FISSURAS LABIOPALATAIS

São condições congênitas com má formação do lábio ou palato (céu da boca) havendo a necessidade de tratamento cirúrgico  o mais precoce possível, além de um acompanhamento profissional multidisciplinar.  

DOENÇAS PERIODONTAIS

  As doenças periodontais são a segunda causa de perda de dentes e podem estar relacionadas a condições como diabetes, infarto, parto prematuro, câncer de cabeça e pescoço, mal de alzheimer,  endocardite e pneumonias. A prevenção é feita através de uma higiene bucal correta, sendo importante que um dentista oriente os recursos mais adequados. 

CÂNCER

O câncer pode acometer a cavidade oral assim como outras áreas do corpo, havendo a possibilidade de levar a morte. A prevenção ocorre eliminando os fatores de risco como fumo, álcool e exposição excessiva ao sol. 

O diagnóstico precoce através do auto-exame bucal é de consultas frequentes a um dentista é também importante.  

Consulte um dentista! Sorria para esta ideia!

Realização

Close Menu